Olá Visitante! Cadastre-se ou faça seu Login
Login com Facebook
ou
Você está em Brusque / SC

Você está aqui: Home / Colunistas / Brusque em Segurança / Cada macaco no seu galho
Atualizado


Cada macaco no seu galho

Tem um dito popular antigo que diz: “de médico e de louco todo mundo tem um pouco”, ou seja, sempre estamos dando palpites para alguém sobre o melhor remédio ou tratamento para sanar algum problema de saúde, mesmo que o tratamento seja inócuo, inclusive, ás vezes, retardando ou mesmo deixando de ir o paciente ao médico para ser devidamente medicado e tratado.


     É claro que não é só na área da saúde que as pessoas dão o seu palpite, o brasileiro adora dar palpites em todos os setores, não seria diferente na área de segurança pública. Geralmente os profissionais na área de segurança pública são solenemente ignorados para qualquer tipo de parecer técnico ou orientação nos setores que originariamente cabe aos policiais por estarem na linha de frente.


   Frequentemente encontro estampado nos meios de comunicação dos mais variados tipos, até mesmo mais recentemente, na mídia eletrônica, opiniões e criticas as atividades e condutas policiais, sem qualquer tipo de fundamentação ou conhecimento da área. As pessoas acham que fazer polícia é só encher a cidade de policiais com viaturas ou fazer barreiras, tipo blitz, e pronto se resolveu o problema.


     Algumas pessoas acham que segurança pública se resume ao trabalho das Polícias Civil e Militar, que a solução da criminalidade e da violência se baseia tão somente no trabalho das duas instituições policiais. O problema é mais complexo, se não houver uma política social ampla e igualitária em todos os setores públicos; uma melhor distribuição de renda; um sistema penitenciário que ressocialize os detentos para a vida em sociedade; uma legislação mais forte e sem facilitações que possam gerar impunidades; um combate efetivo as drogas, a começar pelo tratamento obrigatório dos dependentes para atingir assim o traficante; fortalecer os vínculos familiares e resgatar a autoridade dos pais com os seus filhos, enfim, poderíamos citar tantas causas, só assim poderemos começar a tratar de segurança pública.


      A sociedade organizada tem o direito e dever de sugerir, recomendar e auxiliar as instituições policiais no combate ao crime e a violência, com certeza as formas mais diversas de auxílio sempre serão bem vindas, por exemplo, os Conselhos Comunitários de Segurança (CONSEG’s); mas, uma coisa é ajudar com responsabilidade e interesse comunitário, outra, e bem diferente, é negligenciar e criticar sem fundamento ou por pura ignorância, ou mesmo para fazer política sensacionalista, o serviço policial.


       Portanto, amigos leitores, as opiniões, as críticas, as reclamações, as sugestões e solicitações, com certeza aprimoram o nosso serviço para melhor atender a comunidade brusquense e da região. Também é muito importante um bom elogio em reconhecimento as coisas boas realizadas diariamente na difícil arte de servir a comunidade, mesmo com o risco da própria vida! Obrigado e todos e uma boa semana.


 


Envie seu comentário para 18bcmt@pm.sc.gov.br    


 


 


“... Não devemos servir de exemplo a ninguém. Mas podemos servir de lição.” (Mário de Andrade)



Fonte: Polícia Militar

Deixe seu comentário

Você está em Brusque / SC
Portal Brusque
Unidade Brusque, SC


-
© 2008-2017 Copyright Franquia Portal da Cidade ®