Portal da Cidade Brusque

CORONAVÍRUS

Blumenau tem estoque de cloroquina suficiente para um século

Comprimidos vencem em 2022 e não estão sendo retirados pela falta de eficácia do remédio contra a covid-19

Postado em 27/11/2020 às 19:12 |

Blumenau tem estoque de cloroquina suficiente para um século de demanda. As 36 mil doses enviadas pelo Ministério da Saúde a pedido da prefeitura, para serem prescritas a pacientes de Covid-19, vencem no dia 1º de maio de 2022 e a procura pelo medicamento tem sido muito pequena. A informação foi trazida pelo Santa. 

Apenas 89 doses foram retiradas pelos moradores da cidade nos últimos três meses com prescrição médica. São menos de 30 comprimidos entregues por mês. Neste ritmo, seriam necessários mais 100 anos para dar fim aos 35.911 restantes. 

De acordo com a reportagem, a demanda em Blumenau sempre foi baixa. O remédio é comprovadamente eficaz para tratar malária, artrite reumatoide e lúpus. Estudos internacionais comprovaram que o medicamento não produz resultados contra a covid-19, embora o presidente Jair Bolsonaro tenha usado o remédio como bandeira política durante a pandemia. 

Apesar das evidências científicas que comprovam a não eficácia da cloroquina no tratamento da doença, o Ministério da Saúde segue indicando o uso. Com isso, milhares de pessoas em todo o país cobram de autoridades e profissionais de saúde o "tratamento precoce" com um remédio que não funciona. 

O Santa relata que "nesse contexto, de desinformação e pressão política a prefeitura de Blumenau encomendou os 36 mil comprimidos. Mas o município sempre enfatizou que a decisão sobre receitar ou não a cloroquina para pacientes de Covid-19 é do médico. E os médicos não estão receitando". 

Para retirar os comprimidos, é preciso possuir prescrição médica. Os pacientes precisam assinar um termo de ciência sobre a falta de "estudos suficientes para garantir certeza de melhora clínica dos pacientes com Covid-19 quando tratados com cloroquina". 

Fonte:

Receba as notícias de Brusque no seu WhatsApp.
Clique aqui, é gratis!

Deixe seu comentário