Portal da Cidade Brusque

Socioambiental

Defesa Civil de Brusque participa da 4ª edição da campanha #AprenderParaPrevenir

Projeto Educar para Prevenir concorre a diversos prêmios com dezenas de outros projetos brasileiros

Postado em 09/10/2019 às 17:02 |

(Foto: Divulgação)

A Coordenadoria de Proteção e Defesa Civil de Brusque, por meio do projeto Educar para Prevenir, participa da quarta edição da campanha e concurso #AprenderParaPrevenir realizado pelo Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais (Cemaden). 

Com intuito de mobilizar as comunidades escolares e incentivá-las a refletir sobre a temática emergencial das sociedades contemporâneas: os desastres socioambientais, a campanha é dirigida às escolas de educação básica, defesas civis, universidades e Institutos Federais de Educação, Ciência e Tecnologia de todo o país. 

Este ano, o tema da campanha é "Reduzindo o risco de desastres: ações educativas em tempos de mudanças climáticas". A proposta é aumentar a percepção de riscos de desastres socioambientais, em especial nas áreas mais vulneráveis do Brasil.

“Essa é a primeira vez que participamos dessa campanha e estamos na expectativa para receber o certificado do nosso projeto, em novembro, pelo Cemaden. Esperamos que esse projeto se torne referência em modo de ensino, pois educar e prevenir contribuem para o futuro de nossos filhos e do nosso país”, destaca o diretor da Defesa Civil, Carlos Alexandre Reis. 

O Brasil encontra-se entre os países do mundo mais atingidos por inundações e enchentes. No período de 1960 a 2008 foram 5720 mortes e mais de 15 milhões de pessoas afetadas – desabrigados/desalojados, conforme (EM-DAT, 2009). Em um levantamento recente (2018), a partir do cruzamento de dados do INEP/MEC com as áreas de riscos em 957 municípios monitorados pelo Cemaden, foram identificadas 2.443 escolas em área de risco alto e muito alto de inundações e deslizamentos de encostas.

Premiação 

A iniciativa tem perfil educacional e vai distribuir pluviômetros semiautomáticos, kits educativos e estações meteorológicas didáticas. A expectativa de Brusque é ser premiada para melhorar ainda mais o trabalho desenvolvido nas escolas. 

“Se formos contemplados com pluviômetros eles serão colocados nas escolas dos bairros, onde ainda não temos esse equipamento, para usar como modo de ensino das crianças e também para melhor monitorar a cidade”, comenta Reis. 

Conheça o cronograma da campanha

1 – Realização da campanha - 01/07/2019 a 01/11/2019

2 – Inscrições dos projetos educativos - 01/10 a 31/10

3 – Prazo final de envio - 31/10/2019 

4 – Análise dos projetos educativos - 04/11 a 18/11/2019

5 – Sorteio dos prêmios - 19/11/2019

6 – Divulgação dos resultados - 19/11/2019

7 – Envio dos certificados digitais - a partir de 20/11/2019

8 – Assinatura do termo de doação dos prêmios - a partir de 20/11/2019

9 – Envio dos prêmios - ano letivo de 2020

Projeto Educar para Prevenir   

O Educar para Prevenir abrange as 26 escolas municipais de Brusque e beneficia além dos alunos, funcionários da comunidade escolar e população em geral. O objetivo é conscientizar as crianças sobre os riscos que os eventos adversos podem trazer ao município e a importância de educar para prevenção. 

Durante o quarto e último encontro, os agentes realizam o Treinamento de Evacuação. Previamente é elaborado projeto de Rota de Fuga, baseado na realidade de cada Escola. O exercício conta com a participação do Corpo de Bombeiros e com o apoio da Guarda de Trânsito.

Nos três primeiros encontros são apresentados os Conceitos e a História da Defesa Civil, abordados Eventos Adversos - enxurrada, enchente, granizo, vendaval e deslizamento - e trabalhadas as áreas de risco.

Fonte:

Deixe seu comentário