Portal da Cidade Brusque

Brusque

Entidades brusquenses realizam oficinas voltadas aos recém-nascidos

Oficinas acontecem todas as segundas-feiras de agosto com temas voltados à amamentação e à saúde da criança, com ênfase nos primeiros dias após o parto

Postado em 17/08/2019 às 09:32 |

(Foto: Divulgação/Reprodução)

Agosto é o mês escolhido pelo Ministério da Saúde para promover o aleitamento materno e, por isso, é conhecido como Agosto Dourado. O leite materno é considerado alimento ouro na alimentação dos recém-nascidos e único alimento recomendado do nascimento até os seis meses de vida. Em Brusque, durante todo o mês, a programação voltada ao tema é extensa. Uma delas ocorre na Clínica de Terapia Integrada Uni Duni Tê e teve início dia 5 de agosto, com uma roda de conversa com as mães que amamentam para tirar dúvidas e compartilhar uma experiência em comum: os primeiros dias de vida dos seus bebês. A programação na Clínica ocorre nos dias 5, 12, 19 e 26, a partir das 14 horas.

Mamães que deram à luz a seus recém-nascidos no mês de agosto e têm ido à Uni Duni Tê para fazer os Testes da Orelhinha e do Pezinho também têm encontrado as profissionais do Amamenta Brusque todas as segundas-feiras realizando oficinas com temas voltados à amamentação e à saúde da criança, com ênfase nos primeiros dias após o parto. "Já tivemos a oficina sobre sling, teremos oficina de bolsas de sementes, principalmente para os primeiros dias, quando começam as cólicas. Entendemos que são nesses primeiros dias que a mulher mais precisa de apoio", destaca a enfermeira do Serviço Amamenta Brusque, Sheila Neves. 


Parceria 

Há muito tempo a Clínica de Terapia Integrada Uni Duni Tê, unidade de serviço da Apae Brusque, atua no incentivo à amamentação no município, como é destacado pela coordenadora da unidade, Valdete Battisti Archer. "Tivemos alguns parceiros e funcionários que tinham esse interesse principalmente as enfermeiras. Elas divulgavam esse trabalho de amamentação, dando apoio para a mãe. Ao longo dos anos foram surgindo outras parcerias, das quais continuamos agora, principalmente com o Amamenta Brusque. Elas vêm aqui de segunda à quinta, no período da tarde, para dar justamente DAR esse apoio para as mães", detalha. 

Segundo ela, todo mês de agosto a clínica busca retomar o que é feito o ano inteiro, porém com uma ótica maior para que todas as pessoas possam ajudar a mãe a poder amamentar. “O círculo de apoio da mãe é importante. É um momento que ela está se recuperando do parto, então esse apoio de todos é fundamental, para favorecer a amamentação como um objetivo maior", comenta Valdete. 

Assim, a parceria na realização das oficinas de agosto na sede da entidade é fundamental para a continuidade deste atendimento. "O objetivo das oficinas é incentivar para que as mães possam superar todas as dificuldades ou necessidades de orientações ou qualquer tipo de apoio que venha garantir esse sucesso na amamentação. Cada pessoa tem uma necessidade individual", destaca a coordenadora. 


Sling

Na segunda semana de agosto uma oficina de sling encheu os olhos de mamães e papais de curiosidade sobre essa técnica ainda não tão utilizada, mas que pode ser muito útil no dia a dia com a criança. A técnica consiste em oferecer um contato mais próximo e íntimo com o bebê, e favorecer o aleitamento materno por conta do posicionamento e conexão entre mãe e filho através do tecido comprido que envolve a criança e a pele da mãe. Mas o papai também pode se beneficiar da técnica. Basta fazer as amarrações, encaixar o bebê corretamente no tecido, que é o ideal para a posição fisiológica do bebê.

A fisioterapeuta da Secretaria Municipal de Saúde, Karoline Favero, foi a responsável por ensinar as técnicas do sling na oficina. "O sling traz benefícios para a mãe e para o bebê. A mãe pode fazer suas tarefas do dia a dia, com as mãos livres, com mais facilidade. Para o bebê, o principal benefício é que ele ficará mais calminho, mais tranquilo, favorece o desenvolvimento psicológico dele, cresce com mais segurança, dorme melhor, acalma as cólicas por conta da posição e diminuição do refluxo", explica.

A fisioterapeuta comenta que o sling não tem nenhuma contraindicação. Pode ser utilizado em recém-nascidos e o único cuidado que é preciso ter é com relação ao posicionamento. Normalmente, pode ser utilizado até os três anos da criança. "Nessa idade ainda é confortável para os pais carregarem seus filhos, até que eles consigam carregar, e tenham vontade de carregar no sling, é possível".

Experiência compartilhada

Assim que o pequeno Juan Bitencourt Ortiz nasceu, a mamãe de primeira viagem Ana Paula Bittencourt foi direcionada à Clínica Uni Duni Tê para fazer o Teste do Pezinho. Enquanto aguardava sua vez para ser atendida, foi abordada pelas profissionais do Amamenta Brusque. Em meio a esclarecimentos de dúvidas, ficou sabendo das oficinas do mês de agosto na instituição onde estava. "Como ganhei no chá de bebê o sling, e eu não sabia usar, vim para prestigiar o trabalho delas e aprender".

E por falar em aprender, os primeiros dias de vida do pequeno Juan tem sido uma experiência única entre mãe e filho. Aos doze dias de vida lá estava ele no colo da fisioterapeuta Karoline durante a demonstração de como usar o sling. A mamãe Ana Paula era só orgulho por dividir esse momento com outras pessoas. "Realmente só quando você está vivendo isso que você percebe que é por um bem maior. É pensando na saúde futura dele que você persiste e vai buscando esse auxílio, que ainda bem que a gente tem em Brusque, para realmente conseguirmos vencer esse período", detalha.


Conheça a Uni Duni Tê

Com uma equipe multidisciplinar, formada por Pedagogas, Fonoaudióloga, Fisioterapeuta, Psicóloga, Assistente Social e Enfermeira, a Clínica Uni Duni Tê tem uma série de trabalhos voltados desde a prevenção em relação ao desenvolvimento infantil, que são os acompanhamentos do desenvolvimento e as intervenções precoces. Somente o Teste do Pezinho possui atualmente uma média mensal de 180 atendimentos e o Teste da Orelhinha cerca de 200 atendimentos por mês. Já o acompanhamento do desenvolvimento chega, em média a 800 atendimentos mensais, com o objetivo único de atuar preventivamente nos primeiros anos de vida da criança, pois é ali que surgem as principais aquisições.

A Clínica de Terapia Integrada Uni Duni Tê atende das 7h30 às 12h e das 13h às 17h30. Para atendimento dos Testes do Pezinho e Orelhinha o atendimento ocorre somente no período da tarde, de segunda à quinta-feira, das 13h às 16h. O telefone para contato é o (47) 3351-2482 (ramal 5) ou também pelo (47) 9 8424-0617.

Doação de leite materno

Para as mamães que amamentam seus bebês e que possuem produção em excesso, podem ser doadoras de leite materno para recém-nascidos que estão internados nas UTIs neonatais. Basta fazer contato com o Amamenta Brusque através do telefone (47) 3255-6800 ou através das unidades Básicas de Saúde (UBS). O leite é coletado e encaminhado para Blumenau, onde será pasteurizado. O gesto voluntário de amor através da doação pode amamentar outras crianças. O Amamenta Brusque atua com sede no segundo andar do Centro de Serviços em Saúde, localizado no Centro de Brusque.

Fonte:

Deixe seu comentário