Portal da Cidade Brusque

Lamentável

Estação BBike da Praça Sesquicentenária é vandalizada antes mesmo de inaugurada

Grupo de adolescentes visto em câmeras de monitoramento é suspeito de ter praticado o ato

Postado em 07/10/2019 às 17:32 |

(Foto: Divulgação)

(Foto: Divulgação )

“Não vamos desistir”. A afirmação é de Valério Kosel, servidor público lotado na Secretaria Municipal de Trânsito e Mobilidade (Setram). Kosel é o responsável designado pelo Bbike, projeto que visa a implantação de estações de bicicletas compartilhadas na cidade de Brusque, parte das 50 Parcerias Municipais do Clima.

Na manhã desta segunda-feira (7), o arquiteto ficou sabendo que a estação que está sendo erguida na Praça Sesquicentenário, uma das cinco espalhadas pela cidade, foi vandalizada antes mesmo de entrar em operação.

“A gente foi verificar junto com o pessoal da Secretaria de Obras, que fez as instalações elétricas, e vimos que várias peças foram arrancadas, destruídas mesmo”.

Até o momento, contabilizando os recursos obtidos através da parceria com o Distrito de Karlsruhe, na Alemanha, e os próprios da Prefeitura, já foram investidos R$ 289.374,90 nas estações BBike. Soma-se a isso, agora, os gastos que serão necessários para reparar a ação dos marginais.

Assim que informada sobre o ato de vandalismo, a SETRAM deu início a um levantamento de dados com o auxílio de filmagens dos sistemas de videomonitoramento da região, explica o servidor.

“As imagens demonstram um grupo de uns 20 adolescentes fazendo festa em cima das estações. Vamos verificar se temos como provar alguma coisa, vamos registrar a ocorrência e tomaremos as medidas necessárias”.

A empresa responsável pela produção da estação, sediada em Curitiba, será procurada em breve para efetuar as manutenções necessárias, a fim de que a inauguração das estações, prevista para o mês de outubro, sejam mantidas.

“Tínhamos o receio de que isso pudesse acontecer um tempo após a implantação, mas nunca antes. Agora a gente vai se preparar, colocar mais equipamentos de segurança. Vamos sim colocar pra funcionar. Achamos que o bem ainda é capaz de vencer o mal”.

Fonte:

Deixe seu comentário