Portal da Cidade Brusque

Gestão

Prefeitura reúne diretores e secretários para construção do Plano Estratégico

Ação integra as soluções previstas no programa Cidade Empreendedora

Postado em 05/09/2019 às 08:33 |

(Foto: Divulgação/Reprodução)

Com o objetivo de se obter um diagnóstico acerca do funcionamento da estrutura pública e, também, um prognóstico para curto, médio e longo prazo, a Prefeitura de Brusque e o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas em Santa Catarina (Sebrae SC) promoveram, na tarde desta quarta-feira (4), o primeiro workshop para a construção do Plano Estratégico da Gestão Municipal (Pegem).

A ação, que ocorreu durante toda a tarde na Arena Brusque, é mais uma entre as cerca de 35 que estão programadas para o transcorrer do programa Cidade Empreendedora, realizado através de convênio entre a Prefeitura e o Sebrae. 

“Neste primeiro momento estamos continuando as reuniões prévias que fizemos, agora com todos os gestores da Prefeitura”, ressalta André Vechi, diretor da Secretaria Municipal de Governo e Gestão Estratégica e Agente de Desenvolvimento do Cidade Empreendedora. “O objetivo é se colocar no lugar do cidadão, enxergar o que ele passa e pensar acerca dos ‘analgésicos’ sobre estas dores”.

Além das dinâmicas, o workshop contou com palestra do consultor do Sebrae SC, Christian Oliveira, que organizou os secretários municipais e diretores das pastas da Prefeitura em grupos, para que pudessem elencar prioridades do município para os próximos anos. “O trabalho é baseado em dois elementos fundamentais: primeiro é inovação, ou seja, fazer mais e melhor com menos recursos. O segundo é a co-criação, quer dizer, integrar todas as pessoas estratégicas do governo em torno das problemáticas, usando o que é de mais rico, que é a criatividade e a vontade de fazer melhor”, comenta Oliveira. 

Eliani Busnardo Buemo, secretária municipal de Educação, ao comentar sua experiência no workshop de construção do Pegem, ressaltou que não se trata de um projeto de apenas um governo, mas, sim, de algo que pode vir se tornar uma política pública consolidada. 

“Foi uma dinâmica interativa, interessante, onde tivemos a oportunidade de destacar e levantar os problemas para, na sequência, dar os encaminhamentos necessários. Queremos pensar Brusque como uma cidade empreendedora de fato, para que seja possível melhorar a qualidade dos serviços prestados. O cidadão paga seus impostos e quer ver o retorno disso com excelência”, citou a educadora.

Gestor do programa Cidade Empreendedora no âmbito do poder público municipal, o secretário municipal de Governo e Gestão Estratégica, William Molina, acredita que o resultado é a melhoria da gestão dos recursos públicos. 

“A gente trabalha fortemente na questão do planejamento, e isso em todas as áreas. Quando falamos em planejamento estratégico, a gente fala da possibilidade de se fazer mais com menos, fazendo com que esses valores que temos hoje disponíveis na administração municipal reflitam em melhorias para o município”, frisa.

Além do Planejamento Estratégico da Gestão Municipal, o programa Cidade Empreendedora também prevê soluções na área econômica/industrial e de turismo. O projeto possui dois anos de duração e atuará em toda a esfera do funcionalismo público de Brusque.

Fonte:

Deixe seu comentário