Portal da Cidade Brusque

Brusque

Secretaria de Assistência Social faz balanço das metas cumpridas

Das 11 iniciativas propostas no Plano de Governo, 9 já foram cumpridas e outras duas estão em fase de conclusão

Postado em 08/11/2019 às 15:57 |

(Foto: Divulgação/Reprodução)

Em coletiva de imprensa nesta sexta-feira (8), a Secretaria de Assistência Social e Habitação apresentou à imprensa um balanço das metas e objetivos cumpridos no plano de governo do município. Das 11 iniciativas propostas, nove já foram cumpridas e outras duas estão em fase de conclusão, números que foram celebrados pelo secretário de Assistência Social e Habitação, Deivis Junior.

Ele apresentou o levantamento acompanhado do prefeito Jonas Paegle e do vice, Ari Vequi. Entre as metas cumpridas estão: atenção ao grupo de idosos; campanha do agasalho, capacitação e trabalho voluntário, casamento coletivo, trabalhos com os grupos de mães, educação para o primeiro emprego, com mais de 1,2 mil jovens encaminhados para vagas de trabalho, programa de cesta básica e o monitoramento e acompanhamento dos moradores em situação de rua.

Proposto no Plano de Governo da Secretaria de Assistência Social e Habitação, o programa do leite para crianças de 0 a 2 anos com problemas de desnutrição foi cumprido pela Secretaria da Saúde. “É um momento muito feliz para a administração municipal, no sentido em que prestamos contas de todos os compromissos assumidos e agora cumpridos no que diz respeito à Secretaria de Assistência Social e Habitação”, celebra Deivis.

O secretário destaca que apenas dois compromissos estão em andamento. Um deles é a construção de moradias populares. Deivis lembra que recentemente foi à Brasília em busca de recursos para essa situação. “Nosso projeto está lá, sendo analisado e tenho confiança de que a partir de 2020 esses valores virão e daremos andamento. Os terrenos a Prefeitura já tem, então falta apenas essa questão do investimento para cumprirmos essa proposta”, diz ele, ressaltando, ainda, que paralelamente a Prefeitura de Brusque tem feito a distribuição de apartamentos como os 26 destinados via programa “Minha Casa Minha Vida”. “Isso também mostra uma atenção nesse sentido”, observa.

Já o outro compromisso que passa a ter execução atendendo ao plano de governo foi lançado nessa sexta-feira junto à imprensa. Trata-se do Reurb, projeto de Regularização Fundiária. “É também um compromisso de governo que já está em fase de andamento no departamento de licitação e compras para ser feito na modalidade licitação”. A intenção, conforme Deivis, é habilitar empresas para que possam fazer esse tipo de serviço no município “A ideia é de que essas empresas atuem junto a pulação de Brusque que busca regularizar seu imóvel, garantindo a escritura e todos os direitos desses moradores”, explica.

Conforme o vice-prefeito de Brusque, Ari Vequi, inicialmente, pelo menos 1 mil terrenos devem ser regularizados, com a expectativa de que esse número chegue a ser o triplo em breve. “Esperamos que, a partir disso, as pessoas venham procurar a Prefeitura. Logo teremos também o geoprocessamento em que poderemos identificar muitos casos. Com certeza, é um grande avanço no município para que as pessoas de fato tenham a posse daquela propriedade”, diz.

O prefeito de Brusque, Jonas Paegle, comenta que o programa visa garantir mais dignidade às pessoas, na medida em que essas podem deixar o bem futuramente para outros familiares, ou até mesmo envolvê-lo em negociações em busca de melhores oportunidades de vida. “É uma situação crítica que estamos resolvendo. Imagina se a pessoa morre, um terreno com contrato de gaveta, vai ficar para quem?”, questiona. “Na medida em que o município quer fornecer para essas pessoas as escrituras daquela propriedade, acaba sendo uma segurança para os filhos, netos e familiares”, observa.

Fonte:

Deixe seu comentário