Portal da Cidade Brusque

MAIS UM A CAIR

Técnico do Remo é demitido após eliminação para o Brusque

Rafael Jaques não resistiu à goleada para o Quadricolor e teve sua passagem pelo Remo abreviada

Postado em 21/02/2020 às 04:47 |

(Foto: Clube do Remo/Divulgação)

Poucas horas depois de perder por 5 a 1 para o Brusque e ser eliminado da Copa do Brasil, o Remo anunciou a demissão do técnico Rafael Jaques. Ele foi demitido com apenas pouco menos de três meses de trabalho e sete jogos a frente da equipe. Foram cinco vitórias e duas derrotas, no clássico contra o Paysandu e a de ontem.

A queda de Jaques foi anunciada nas redes sociais e no site do clube no início da madrugada. Em entrevista pós-jogo, ele chegou a falar em recuperação da equipe, pediu reforços e avaliou como "péssima" a atuação da equipe no Augusto Bauer.

O agora ex-técnico do Remo chegou ao clube em dezembro, após dois anos de trabalho no São José (RS), clube pelo qual conquistou Copa e Recopa Gaúcha, além do troféu do interior do Gauchão e o acesso à Série C, em 2018. Na terceira divisão nacional, classificou o time para o mata-mata do acesso, mas acabou parando no Sampaio Correia. 

Retrospecto de Rafael Jaques no Remo:

7 jogos, 5 vitórias e 2 derrotas

9 gols feitos e 9 gols sofridos

Apesar dos números, Jaques já vinha sendo criticado por boa parte da torcida pelo rendimento da equipe em campo, além de ter sido derrotado no clássico contra o Paysandu. A goleada para o Bruscão foi o estopim para os torcedores pedirem sua demissão nas redes sociais. 

É o segundo técnico que é demitido após ser eliminado para o Brusque na Copa do Brasil. Na primeira fase, foi a vez de Guto Ferreira, que não resistiu à derrota para o Quadricolor e também teve sua passagem pela Ilha do Retiro abreviada. 


Fonte:

Deixe seu comentário