Portal da Cidade Brusque

CATARINENSE

Brusque domina, mas perde muitos gols e é derrotado na estreia no Catarinão

Quadricolor para em Junior Belliato e sofre revés em Itajaí

Postado em 22/01/2020 às 23:02 |

(Foto: Bruno Golembiewski/CN Marcílio Dias)

Na noite desta quarta-feira (22), o Brusque estreou no Campeonato Catarinense com derrota por 1 a 0 para o Marcílio Dias, em Itajaí. O gol do Marinheiro de Itajaí foi marcado por Nathan Ferreira, aos 28 do segundo tempo. O Quadricolor volta a campo no domingo (26), contra o Joinville, às 18h30, no estádio Augusto Bauer.

Mudança no onze inicial 

O técnico Jersinho inovou na escalação. Com a ausência de Edu, lesionado, o treinador optou pelo meia Gustavo Henrique para realizar a função de centroavante. Com a alteração, a equipe ficou sem um jogador fixo de referência, porém, ficou mais leve.

Primeiro tempo movimentado
 Logo no início, o Bruscão sufocou o adversário, que não conseguia encaixar suas tentativas de contra-ataque. Aos 11, o time de Itajaí assustou o goleiro Dida em cabeceio de Carlinhos, que passou próximo ao gol do Brusque. A resposta veio aos 22. João Carlos cruzou, a bola desviou na marcação do Marinheiro e quase entrou no gol defendido por Belliato. Cinco minutos depois, Thiago Alagoano colocou o arqueiro rubro anil para trabalhar novamente. Na sequência, foi a vez de Edílson arriscar chute e obrigar o goleiro adversário a praticar boa defesa. O Bruscão pressionou e dominou as ações da partida, mas os dois times foram para o intervalo com o placar em branco. 

Goleiro Marcilista fecha o gol

Jogando em casa, o Marcílio voltou para o segundo tempo ligado e tentou acuar o Brusque. O jogo ficou truncado, com algumas faltas mais duras. Aos 17, a melhor chance: Marco Antônio tabelou com Thiago Alagoano e bateu cruzado. O atacante do Bruscão venceu o goleiro Belliato, mas Magrão, ex zagueiro do Bruscão, tirou em cima da linha.

Aos 22, Everton Alemão chutou forte e novamente o camisa 1 do Marinheiro, o grande nome da noite, fez bela defesa. Dizem que quem não faz, toma. Aos 28, Nathan Ferreira abriu o placar para o Marcílio Dias após driblar Airton e chutar cruzado no canto de Dida. 

A bola teimava em não entrar. Thiago Alagoano fez boa jogada e tocou na saída de Belliato, mas Magrão, novamente, se antecipou e impediu o empate do Bruscão.  

O Brusque seguiu buscando o empate, mas voltou a esbarrar em Junior Belliato. O goleiro do Marcílio Dias teve uma noite impecável e voltou a fazer grandes defesas em chutes fortes de Alexsandro, aos 47 e Marco Antônio, aos 48. Apesar da insistência e do domínio, o placar não se alterou e o Brusque debutou no estadual com revés.

Fonte:

Deixe seu comentário