Portal da Cidade Brusque

BRUSCÃO

Com dúvida na escalação, Brusque inicia Catarinense visitando o Marcílio

Em coletiva, Jersinho prega respeito ao adversário da estreia, mas não confirma time titular

Postado em 21/01/2020 às 15:58 |

(Foto: Celio Bruns Jr / Portal da Cidade Brusque)

Na tarde desta terça (21) , o técnico Jersinho Testoni concedeu entrevista coletiva na secretaria do Brusque Futebol Clube, na Arena Multiuso. O comandante do Bruscão conversou com a imprensa e falou sobre a estreia do clube no Campeonato Catarinense. O Quadricolor inicia sua trajetória no estadual amanhã (22), diante do Marcílio Dias, em Itajaí, às 21h.

Jersinho disse ainda não ter definido a equipe que começa jogando, afinal, no setor defensivo, o técnico conta com duas dúvidas.

O goleiro Zé Carlos, que sentiu uma lesão na coxa após receber uma pancada no confronto diante do Avaí, pela Recopa, ainda espera o aval do departamento médico e realiza tratamento intensivo. Porém, a tendência é que o camisa 1 do Brusque não se recupere a tempo e Dida seja o titular. “Vamos aguardar para ver como o atleta se sente nas próximas horas, mas dificilmente ele vai participar do jogo”, revelou.

A outra dúvida do treinador é na zaga. Cleyton e Everton Alemão disputam uma vaga no time titular, e a definição de quem atuará deve sair no treinamento desta tarde.

Vale lembrar que Cleyton terminou o ano como titular, porém, suspenso, não enfrentou o Avaí na Recopa e viu Everton Alemão ter uma ótima atuação ao lado de Ianson na defesa.

“Nossa equipe fez um grande jogo no sábado, o Everton Alemão não só diante do Avaí, mas nos amistosos de pré temporada e nos treinos teve um comportamento excelente, com atuações seguras. O Cleyton também é um jogador muito importante pro clube, está anos aqui e várias vezes foi capitão. Temos mais uma sessão de treinos hoje a tarde para definir quem sai jogando”, afirmou o técnico. 

O treinador pregou respeito ao adversário da estreia, elogiando o novo treinador do Marcílio Dias, Moisés Egert. “Ele é um excelente treinador, acompanho o trabalho dele há alguns anos. Não é qualquer treinador que fica três anos seguidos numa Série A de Campeonato Paulista. Acompanhamos mais de perto na Série D do Brasileiro, pois ele estava no Novorizontino e poderia ser nosso adversário. O modelo de jogo deles também é de pressão alta, como o nosso. Conseguimos alguns materiais deles, estão com uma equipe muito encaixada e respeitamos muito a equipe deles”.

Jersinho se disse satisfeito com o elenco, porém, ainda aguarda a chegada de mais um camisa 9, já que o único jogador com características de centroavante de área é Edu. “Estamos trabalhando com o material humano que temos, que é muito bom. Cada jogo é uma estratégia. Acho que ainda falta um atacante de referência, que é um pedido meu. Hoje, nós só temos o Edu e acredito que temos que ter dois jogadores com essa característica, pois há desgaste por conta dos jogos e suspensões. Tenho certeza que a diretoria está trabalhando nisso e que em breve vamos resolver essa situação”, relata.

O comandante Quadricolor não confirmou a equipe titular, mas a tendência é que haja poucas alterações em relação à equipe que enfrentou o Avaí. Com isso, o Brusque deve entrar em campo com Dida, João Carlos, Ianson, Everton Alemão (Cleyton) e Airton; Rodolfo Potiguar, Zé Mateus e Thiago Alagoano; Edílson, Marco Antônio e Edu.


Fonte:

Deixe seu comentário