Portal da Cidade Brusque

série c

Recheado de desfalques, Brusque perde para o Tombense fora de casa

Quadricolor chegou à quinta partida sem vitória

Postado em 21/11/2020 às 19:48

(Foto: Lucas Gabriel Cardoso/Brusque FC)

Com diversos casos de covid-19 tanto no elenco quanto na comissão técnica e diretoria, o Brusque Futebol Clube viajou para Tombos (MG) tentando reverter o jejum de quatro jogos sem vencer na Série C. O líder do Grupo B do Brasileirão visitou o Tombense com apenas quatro jogadores no banco de reservas. Inclusive, o goleiro Ruan Carneiro foi escalado como atleta de linha, com objetivo de suprir o número diminuto no elenco.

Com dois atletas de defesa expulsos, incluindo o goleiro Zé Carlos, o Tombense saiu melhor e derrotou o Brusque pelo placar de 2 a 0. Os gols da partida foram marcados por Keké e Ibson. O Quadricolor chegou a quinta partida sem vencer na Série C do Campeonato Brasileiro. Porém, segue na liderança do Grupo B e na briga pela classificação para a próxima fase da competição.

Mesmo com os desfalques pelo lado dos visitantes, o jogo começou com o Brusque colocando uma bola na trave. Aos 11 minutos de tempo jogados, Cleyton subiu mais alto que os adversários e trouxe susto para a defesa do time mineiro. Em seguida, um novo cruzamento foi feito, mas o goleiro Felipe Garcia agarrou a bola.

Porém, logo após a boa jogada do Brusque, o autor da bola na trave, Cleyton, fez uma falta e recebeu cartão amarelo. O goleiro Zé Carlos reclamou com a arbitragem, foi notificado também com o cartão amarelo, mas ainda assim seguiu com as reclamações, sendo expulso de campo aos 16 minutos do primeiro tempo. Dida colocou as luvas e entrou em campo no lugar de Alex Sandro, deixando o Brusque sem goleiro reserva.

Na primeira etapa o Tombense não assustou muito o gol do Brusque. Gabriel Lima tentou um passe em profundidade por volta dos 37 minutos. Porém, Dida se antecipou e conseguiu agarrar a bola para afastar o perigo.

Por volta dos 42 minutos, Zé Mateus recebeu a bola, avançou até a área do adversário e arriscou o chute. O goleiro do Tombense contou com um desvio na defesa e a bola foi para fora. Na cobrança de escanteio, novamente Zé Mateus na bola. Porém, o Brusque não conseguiu botar perigo na zaga alvirrubra.

Em um primeiro tempo animado, mas com poucas oportunidades claras de gol, os times foram para o intervalo com o Brusque tendo um homem a menos em campo.

Para um time recheado de problemas por conta do coronavírus, até que o Quadricolor conduzia bem a partida. Porém, os rumos do jogo se alteraram de forma brusca no segundo tempo. O Tombense conseguiu abrir o placar logo no primeiro minuto da etapa final. Keké recebeu a bola de Ibson e chutou com categoria para tirar um dos zeros do placar.

Mesmo com um cartão amarelo nas costas, Cleyton novamente fez uma falta e acabou sendo expulso. Agora, sem dois atletas em campo, o time visitante seguiu tomando pressão, e não demorou muito para o Tombense ampliar. Desta vez, o garçom foi Keké, que passou a bola para Ibson, ex-Flamengo, fazer o segundo gol do time da casa.

Para piorar, o volante Ruan se lesionou por volta dos 22 minutos e precisou ser substituído. Em seu lugar, Luan Santos entrou no gramado para estrear com a camisa quadricolor em meio a uma situação completamente desfavorável para o Brusque.

O terceiro gol do Tombense quase saiu aos 32 minutos. Eduardo recebeu a bola de Keké e chutou com categoria. A bola passou raspando o travessão do goleiro Dida, que contou com a sorte para evitar que os mineiros ampliassem mais ainda o marcador. Sem tempo para mais nada, o Brusque chegou a quinta partida sem vencer na Série C.

Mesmo derrotado fora de casa, o Quadricolor segue na liderança do Grupo B, com 28 pontos. A próxima partida do Brusque é diante do Volta Redonda, no sábado (28), às 15h, no estádio Augusto Bauer. 

Fonte:

Receba as notícias de Brusque no seu WhatsApp.
Clique aqui, é gratis!

Deixe seu comentário