Portal da Cidade Brusque

Futebol

Troca de gramado é nova aposta do Brusque para o Catarinense

Após avaliação de campo em São João Batista, diretoria busca alternativas mais viáveis para a disputa do estadual e da Série C

Postado em 06/09/2019 às 17:40 |

O impasse do Brusque para conseguir resolver o problema o impasse envolvendo o campo para a disputa do Campeonato Catarinense segue indefinido. O próprio Augusto Bauer é tido como a prioridade da diretoria. recentemente o estádio de São João Batista também foi avaliado, mas os custos para manutenção fizeram o clube a buscar alternativas.

Na segunda-feira (2), durante uma entrevista coletiva, o presidente de Brusque, Danilo Rezini, indicou a possibilidade de reunir-se com dirigentes do Carlos Renaux e do Clube Almirante Barroso. A intenção era tentar fechar uma parceria para custear a troca do gramado do estádio Augusto Bauer. 

Pelo modelo apresentado por Rezini, os três clubes se uniriam para o investimento. Em troca, tanto os clubes brusquenses quanto a equipe de Itajaí poderiam jogar no local. A exigência de mudanças é feita por determinação da Federação Catarinense de Futebol e da própria Confederação Brasileira de Futebol. 

No caso do estádio Augusto Bauer, o tipo de grama utilizado e a iluminação atual são incompatíveis com as exigências. Campeão da Série B do Catarinense, o Barroso manda seus jogos no gramado sintético do estádio Camilo Mussi, também fora do padrão exigido. 

Apesar da proposta, até esta quinta-feira (5), não havia uma definição quanto o caso por parte dos três clubes. Em contato com a Assessoria de Comunicação, o Clube Almirante Barroso, confirmou buscar um estádio para a disputa, mas que o caso ainda é indefinido. 


Fonte:

Deixe seu comentário