Portal da Cidade Brusque

ESPECIALISTA

Pensando em ter um pet? Saiba os principais cuidados que cães e gatos demandam

Eles são fofinhos, lindos e nos encantam. Mas ter um animal de estimação requer dedicação de tempo e responsabilidade

Postado em 11/10/2019 às 16:10 |

Eles são muito fofinhos e engraçadinhos. Só de olhar dá vontade de ter um. Ou dois. Ou até mais. Mas ter um gato ou cão de estimação requer muita responsabilidade, tempo e dedicação. É claro que eles recompensam com muito amor e aquela companhia sempre bem-vinda; e por isso, acabam se tornando membros da família.

Está pensando em adotar ou adquirir um animal de estimação? Cão ou gato? Qual raça? E qual tamanho? O Portal da Cidade Brusque foi conversar com especialistas no assunto para te ajudar a decidir qual bichinho é mais indicado pra você e quais os principais cuidados você deverá ter para preservar a saúde e bem-estar do animal.

O médico veterinário Edson Rogério de Souza e Lucas Felipe de Souza, do Hospital Veterinário SOS Animais, desfazem mitos, dão dicas, orientam e esclarecem as principais dúvidas sobre os principais cuidados que os pets demandam.

“Antes de adquirir um pet é importante ter consciência de que você vai assumir um compromisso de anos. Um cão ou gato pode chegar próximo dos 20 anos. Mas claro, que a retribuição que ele traz é gigantesca”, alerta Dr. Edson.

Cão ou gato?

Na hora de escolher: cão ou gato? Dr. Lucas destaca que geralmente o cachorro é mais ativo, interage mais e requer um pouco mais de atenção. O gato, embora também necessite de atenção e carinho, é mais independente em algumas situações.

“Os cachorros, desde os primórdios, sempre viveram em comunidade. Por isso, demandam mais atenção dos tutores. Já os gatos têm comportamento mais independente. Mas isso não quer dizer que eles não precisem e não gostem de carinho. Gatos também são ótimas companhias e carinhosos”, conta Dr. Lucas.

E a raça?

Antes de adquirir um animal por impulso, porque alguém ofereceu ou viu aquele filhote lindo em uma feira, é preciso conhecer as características das raças. De acordo com Dr. Edson, embora cada animal tenha uma personalidade distinta, o temperamento e muitas características comportamentais são parecidos de raça pra raça, principalmente quando falamos de cachorros. Mas é importante lembrar que os cachorros sem raça também são ótimas companhias e adotar também é uma ótima opção”.

A casa para o animal

Após escolher o novo companheiro, é importante saber previamente o local que o animal vai permanecer e onde serão feitas as necessidades fisiológicas.

“O gato vai preferir algum local que tenha areia; pois eles gostam de esconder as necessidades. Dentro de casa, a caixa de areia não deve ficar próximo ao local de onde o felino se alimenta. Já o cão precisa ser condicionado a fazer as necessidades em um determinado local, seja no tapete higiênico ou no quintal. Isso normalmente requer tempo e paciência do tutor. Também é importante para ambos os pets, ter um cantinho para se abrigar e descansar, pode ser uma almofada, cama ou uma casinha”, diz Dr. Edson.

Vacinar é fundamental

Uma das fases que o animal demanda mais cuidado é quando ainda é filhote.

Dr. Lucas destaca que é imprescindível que o cão ou gato seja vacinado ainda entre os primeiros 45 a 60 dias de vida. Depois, há doses de reforços com intervalos mensais.

“Antes de completar o protocolo de vacinação o filhote deve ser mantido dentro de casa e evitar contato com animais que não estejam imunizados. Como o sistema imunológico ainda esta em desenvolvimento, eles ficam mais suscetíveis a contrair doenças, principalmente viroses, que para a faixa etária deles, podem ser fatais. Em cães filhotes, recomendamos três doses da vacina polivalente com intervalos mensais – que protege o pet contra as principais doenças virais e bacterianas que mais levam ao óbito. Em seguida, indicam-se duas doses de vacina contra giardíase – um protozoário que vive no intestino dos cães e pode ser transmitido para os humanos. Por volta do quinto ou sexto mês de vida recomenda-se a vacina Antirrábica e contra a Tosse dos Canis. Para os felinos filhotes, utilizamos três doses de vacina polivalente felina, também com intervalos mensais. Em seguida uma dose de vacina antirrábica.”

No Hospital Veterinário SOS Animais os pets recebem uma carteira de vacinação para que o tutor acompanhe o calendário vacinal. Além disso, os veterinários da equipe médica sempre orientam sobre as datas das futuras vacinas e cuidados no período de vacinação.


Vermes, pulgas e carrapatos

Mesmo recebendo todo o cuidado, os pets, principalmente os cães, estão suscetíveis a adquirir pulgas e carrapatos. Os índices aumentam quando há contato do animal com locais infestados ou ate mesmo com outros animais.

Um simples passeio já pode ser o suficiente para o seu amigo contrair os parasitas.

Porem é possível manter o pet protegido com o uso de alguns produtos, de fácil manuseio e aplicação pelo tutor. Dr. Edson explica que atualmente existe no mercado coleiras, comprimidos e spot on com ação repelente.

Já para controle e eliminação dos vermes é fundamental o uso de vermífugos, que geralmente são em comprimidos. Em casos em que o tutor tem dificuldade em administrar o remédio de vermes por via oral, existem os de uso injetável, mas estes devem ser ministrados por um medico veterinário.

O veterinário conta que tanto a dose do vermífugo quanto do repelente, dependem diretamente do peso e da idade do animal, e na SOS ANIMAIS a equipe é capacitada para indicar corretamente a dose do produto que o pet necessita.

Visitas ao Veterinário

Nos primeiros meses, os filhotes devem passar por consultas e avaliações pediátricas mensais por aspirarem mais cuidados.

Já na fase adulta, caso o pet não apresente nenhum sinal de doença, o recomendado é que haja uma avaliação anual.

Chegando por volta dos 7 ou 8 anos de idade, o ideal é que as visitas ao medico veterinário voltem a ser mais frequentes.

Dr. Lucas alerta que qualquer doença ou problema de saúde pode ter mais chances de cura se diagnosticado e tratado no começo.

“Os tutores devem estar atentos a qualquer sinal de que algo não vai bem com seu amigo. Alteração no pelo, nas fezes, falta de apetite podem ser indicadores de doenças; e o mais indicado é leva-lo para uma avaliação médica.”

Médicos Veterinários especialistas

Assim como os humanos podem contar com o dermatologista, oftalmologista, cardiologista, entre outros médicos especialistas para cada órgão ou parte do corpo, as doenças em animais também são tratadas com mais eficácia pelos médicos veterinários especialistas. Pois, são profissionais com estudos direcionados em determinado área e atualizados acerca dos melhores tratamentos.

As especializações na medicina veterinária são recentes e começaram a acontecer há cerca de 15 a 20 anos; primeiro nos grandes centros e aos poucos em outras regiões do Brasil.


Assim que teve oportunidade, Edson logo foi em busca de mais conhecimento; ele é pós graduado em Clinica Geral e Cirurgia em pequenos animais e também foi formando de uma das primeiras turmas de Especialização em Oftalmologia Veterinária pela Universidade Anhembi Morumbi.

Dr. Lucas, assim que concluiu a graduação já iniciou a especialização pela Anclivepa e hoje é Ortopedista Veterinário.

A SOS Animais é o único Hospital Veterinário de Brusque, conta com uma equipe de quatro veterinários e dispõe de atendimento medico veterinário 24 horas por dia, 365 dias do ano!

O veterinário plantonista além de atender casos de urgência e emergência, também monitoram os animais internados, intervindo prontamente se necessário.

Além do Dr. Edson e Dr. Lucas, especialistas em Oftalmologia e Ortopedia, o Hospital conta com outros veterinários especialistas para oferecer atendimento e tratamento eficaz aos pets.

Alimentação de qualidade

Para que o animal viva mais e tenha uma melhor qualidade de vida, é fundamental uma boa alimentação. Assim como as vacinas, a alimentação também faz parte da medicina preventiva.

Atualmente os tutores tem mostrado preferencia por dois tipos de alimentação: A ração e a Alimentação Natural.

O medico veterinário pode ajudar na indicação do alimento ideal para cada tipo de raça, tamanho e idade do animal.

Independentemente de ração ou AN, é importantíssimo que elas sejam de boa qualidade.

Caso o tutor opte pela alimentação natural, deve estar ciente que não se trata de dar o mesmo que os humanos comem. Aliás, há diversos ingredientes que são tóxicos aos animais.

A Alimentação natural para pets deve ser balanceada e composta por fontes de proteínas, carboidrato, minerais e vitaminas.

Após testes e experimentos com varias marcas, os médicos do Hospital Veterinário SOS Animais recomendam a Alimentação Natural Chef di Animale. Com ela obtiveram excelentes resultados, pois além de satisfazer a necessidade nutricional auxilia também no tratamento de doenças.

Dr. Edson ressalta que a Chef di Animale é uma empresa pioneira em alimentação natural em Santa Catarina. Todo o cardápio foi desenvolvido por uma Medica Veterinária Nutróloga juntamente com uma Chef de Cozinha, formada em Gastronomia.

Na sessão Pet Shop da SOS Animais, você encontra todos os produtos da Chef di Animale, bem como uma vasta variedade de rações.

Dicas Importantes

É importante também para os pets fazer exercícios. Caminhar, estimular brincadeiras com o cão ou gato ajuda a prevenir a obesidade e outras doenças. Além do mais os pets acabam gastando energia e ficam mais tranquilos.

Incrementar o ambiente em que os animais vivem, podem tornar a rotina mais divertida!

O Hospital

O Hospital Veterinário SOS Animais a fim de proporcionar agilidade e precisão no diagnóstico, conta com ultrassom, eletrocardiograma, radiologia digital e laboratório de analises clinicas próprio.

Para exames mais complexos, possui convênios com os melhores laboratórios do país.

Além de ser um Hospital, a SOS Animais possui farmácia veterinária, serviço de estética e ampla Pet Store, com as melhores marcas de ração, alimentação natural, variedade em brinquedos e perfumaria.

A SOS Animais esta situada na Avenida Getúlio Vargas, 11, no centro de Brusque. Para saber mais, acesse as redes sociais:

O telefone para contato é 47 33510670, urgências e emergências: 47 9 88288002.

Fonte:

Deixe seu comentário