Portal da Cidade Brusque

Volta às aulas

Zirke: “Se os shoppings podem estar cheios, por que não podemos ter aula?”

Prefeito de Guabiruba falou sobre o retorno das aulas presenciais, vacinação contra a covid-19 e troca de comando na Ammvi

Postado em 13/01/2021 às 11:56 |

(Foto: Ana Massambani/Portal da Cidade Brusque)

O prefeito de Guabiruba e presidente interino da Associação dos Municípios do Médio Vale do Itajaí (Ammvi), Valmir Zirke (PP), falou nesta terça-feira (12) sobre o retorno das aulas presenciais na cidade. Segundo ele, Guabiruba planeja retomar o ensino da rede municipal de maneira gradativa.

Uma reunião com todos os prefeitos dos Médio Vale será realizada nesta quinta-feira (14) para definir quais medidas serão tomadas em relação a este assunto.

“Estivemos conversando com o nosso secretário [de Educação] para saber de qual forma as aulas irão retornar. E é uma decisão que vamos tomar em conjunto na reunião da Ammvi nesta quinta”, disse Zirke à reportagem.

Apesar de ainda nada estar definido sobre o retorno presencial da rede municipal de ensino em Guabiruba, o prefeito detalhou algumas medidas que o município está planejando. “De qual forma será? Três dias presencial e dois em casa? Bom, é o que está sendo pensado. Ainda não é definitivo, mas deve partir desta ideia”, afirma.

Ainda falando sobre o retorno das aulas, Zirke citou o município vizinho para explicar a tomada de decisões em conjunto. De acordo com ele, não adiantaria Guabiruba tomar uma medida e Brusque outra.

O prefeito de Guabiruba também falou sobre sua opinião em relação ao retorno presencial das aulas. “Se os shoppings podem estar cheios, por que que nós não podemos ter aula? A Ammvi entende isso e os prefeitos dos outros municípios falam a mesma língua”, opina.

Por fim, Valmir Zirke disse que a Federação Catarinense dos Municípios (Fecam) está auxiliando nas conversas e elaborações do retorno das aulas presenciais.

Vacinação em pauta

Zirke, falando como presidente interino da Ammvi, afirmou que o tema "vacinação" também estará na pauta da reunião que acontecerá nesta quinta-feira. Porém, ainda na quarta-feira (13) um outro encontro será realizado entre o presidente da associação e representantes da Fecam e da própria Ammvi.

“Fica a dúvida: os municípios terão que comprar a vacina? De qual forma isso vai acontecer? É a Fecam que está realmente nessa negociação e na quinta ela vai fazer parte dessa reunião”, afirma Valmir Zirke.

O presidente da Ammvi lembrou também do estágio que a pandemia se encontra, avançando pelo mundo e fazendo ainda mais vítimas, mas se mostrou confiante com a chegada do imunizante. “É preocupante. Mas nós ficamos felizes que ela (vacina) realmente está chegando”, diz.

Troca de comando na Ammvi

A Presidência da Associação dos Municípios do Médio Vale do Itajaí é das cidades, não de pessoas. Assim, Zirke assumiu o cargo no lugar do ex-presidente Matias Kohler, que deixou o comando da Ammvi após o término do mandato como prefeito de Guabiruba.

Com isso, Valmir Zirke segue como presidente interino, ficando no cargo até março. Ainda na entrevista à reportagem, o prefeito de Guabiruba revelou que Gaspar deve ficar com a próxima presidência da associação. “Ainda sou presidente da Ammvi, quem deve assumir é o prefeito de Gaspar. Mas, até então, estou a frente”, revela.

O prefeito de Gaspar é Kleber Wan-Dall (MDB). Ele foi reeleito como chefe do executivo em novembro de 2020, com 65,60% dos votos no município.

por Thiago Facchini

Fonte:

Receba as notícias de Brusque no seu WhatsApp.
Clique aqui, é gratis!

Deixe seu comentário