Portal da Cidade Brusque

Saúde

Hospital Azambuja promove encontros periódicos com acompanhantes

O objetivo é explicar sobre o Manual do Acompanhante, orientando sobre os direitos e deveres e outros cuidados que devem ser seguidos durante a internação

Postado em 13/03/2018 às 15:53

(Foto: ilustração)

A internação hospitalar não é um momento fácil para ninguém. Nem para os pacientes, tampouco para seus acompanhantes. Porém, seguindo uma série de normas e procedimentos, é possível tornar a estadia mais humanizada, possibilitando melhora dos enfermos.

Foi pensando nisso que, o Hospital Azambuja, desde o ano passado, passou a organizar, todas as segundas, quartas e sextas-feiras, uma reunião com os acompanhantes presentes na unidade. Através de um trabalho promovido pelo setor de psicologia e educação permanente todas as regras, normas, direitos e deveres são explicados aos que estão instalados nos quartos da casa de saúde.

“Além das reuniões, desenvolvemos um folder para ser entregue na hora da internação, com todas as orientações. O objetivo é explicar sobre o Manual do Acompanhante, orientando sobre os direitos e deveres, as normas das clínicas, rotinas médicas, procedimentos na hora de exames, alimentação, o que é permitido e as quantidades, organização dos quartos, higienização das mãos, isolamentos e vestimentas”, enfatiza Elisandra Andrade, psicóloga do hospital.

Elisandra explica, ainda, que envolver os familiares no processo de adaptação do paciente durante o período de internação já vem fazendo diferença no ambiente intra- hospitalar. Segundo ela, a convocação dos acompanhantes é feita pelos próprios enfermeiros, que vão aos quartos para informar sobre a importância das reuniões periódicas. “Depois que a gente começou a fazer estas reuniões, já começamos a perceber a organização dos quartos, a facilidade de lidar com os acompanhantes e, até mesmo, com os pacientes”, conclui.

A humanização do atendimento ao paciente e aos seus familiares vem sendo aplicada há vários anos no Hospital Azambuja. “Temos recebido muito elogios pelos trabalhos que vem sendo desenvolvidos  por nossas equipes e este cuidado, este acolhimento é fundamental para a recuperação do paciente”, destaca o administrador do hospital, Evandro Roza.

Fonte: da redação

Deixe seu comentário