Portal da Cidade Brusque

Segurança

Apreensões realizadas pelo Tático de Brusque aumentam vertiginosamente em 2020

Confira levantamento de dados realizados por Portal da Cidade Brusque

Postado em 01/06/2020 às 11:33 |

(Foto: Giovanni Silva)

Acionado para atender ocorrências que envolvam maior periculosidade e complexidade, o Pelotão de Patrulhamento  Tático do 18º Batalhão de Polícia Militar de Brusque (18º BPM) vem alcançando, em 2020, números invejáveis quando o assunto é apreensão de drogas, armas, munições e a realização de flagrantes. 

Nas últimas semanas, Portal da Cidade Brusque apurou, junto ao batalhão brusquense, os dados referentes aos primeiros quatro meses de 2018, 2019, 2020. Os números, algum deles surpreendentes, representam a excelência operacional do pelotão especializado da PM em Brusque, afirma o comandante do PPT, tenente PM Fabricio Cenci.

“Os números nos últimos três anos são excelentes e estão vindo numa crescente fantástica”, avalia o oficial. “Isso é fruto de muito trabalho, treinamento, capacitações e do trabalho de inteligência desenvolvido pelos membros do PPT. Os policiais militares do PPT não medem esforços, faça chuva ou faça sol, noite ou dia, para livrar as ruas do mal”.

Cenci também credita o bom desempenho do pelotão à sinergia existente entre todos os outros braços do 18º Batalhão de Polícia Militar de Brusque, como o serviço de rádio patrulha, o Centro de Operações da Polícia Militar (Copom), o setor administrativo, a Rondas Ostensivas com o Apoio de Motocicletas (Rocam), dentre outros.

“Para que o PPT possa estar disponível, toda as outras engrenagens têm de estar funcionando de maneira perfeita, que é o que observamos aqui (...) a gente também destaca a aceitação do nosso trabalho por parte da população, o que motiva o policial militar”, frisa.


Vamos aos números

O PPT Brusque realizou, em 2018, 16 flagrantes nos quatro primeiros meses do ano. Em 2019, esse número subiu para 20. Já em 2020, até o momento, são 39 procedimentos, totalizando um acréscimo de 95%. O número de pessoas presas no mesmo período, respectivamente, foi de 32, 38 e 50. Ou seja, um aumento de 32%.

O crack, uma das drogas mais viciantes e destrutivas, recebeu atenção especial do Tático em 2020. Em 2018, no primeiro quadrimestre, foram 214 gramas apreendidas. No ano seguinte o número apresentaria uma queda, fechando em 70 gramas. Em 2020, já são 438,7 gramas tiradas das ruas, o que perfaz um aumento de 527%.

Por ser uma região onde o poder aquisitivo das pessoas é maior, a cidade de Brusque também acaba sendo rota do tráfico de cocaína. Porém, os números também são positivos quando o assunto é a apreensão do pó branco. Em 2018, foram 2,4 quilogramas, em 2019 foram 3,3 quilogramas, e em 2020 esse número é de 3,33 quilogramas, o que perfaz um aumento de 1%.

A maconha, porém, foi o entorpecente que mais causou prejuízo aos traficantes neste ano. Em 2018, foram 342 gramas retiradas das ruas nos primeiros quatro meses. Em 2019, foram 2,6 quilogramas. Em 2020, este número já é de incríveis 85,9 quilogramas. Ou, então, 3201% de acréscimo.


Demais drogas

MD (g)

2018 - 0g

2019 - 0g

2020 - 1kg

Total: 1100% em relação ao último ano

LSD (micropontos)

2018 - 0

2019 - 0

2020 - 1005

Total: 100500% em relação ao último ano

Ecstasy (comprimidos)

2018 - 450

2019 - 0

2020 - 179

Total: 17900% em relação ao último ano

Haxixe (g)

2018 - 0g

2019 - 0g

2020 - 12,5g

Total: 1250% em relação ao último ano

Munição

2018 - 44

2019 - 13

2020 - 117

Total: 800% em relação ao último ano

Simulacro

2018 - 1

2019 - 1

2020 - 3

Total: 200% em relação ao último ano

Armas de fogo

2018 - 5

2019 - 6

2020 - 8

Total: 33% em relação ao último ano


Fonte:

Receba as notícias de Brusque no seu WhatsApp.
Clique aqui, é gratis!

Deixe seu comentário