Portal da Cidade Brusque

conquista brusquense

Novidade: primeiro curso de mestrado em Brusque será no IFC

Mestrado Profissional de Geografia (ProfGeo) é o primeiro da cidade e será ofertado pelo Instituto Federal Catarinense a partir do segundo semestre de 2021

Postado em 05/06/2020 às 12:02 |

(Foto: Divulgação)

O Instituto Federal Catarinense (IFC) de Brusque, anunciou que contará com um curso de mestrado em Geografia, sendo este o primeiro da cidade. Em uma reunião com outros campi na Pró-reitoria de Pós-graduação e Pesquisa, houve o entedimento que Brusque tinha estrutura adequada para oferta do curso.

O professor de Geografia da instituição, Nildo Melo, não esconde o entusiasmo com a nova conquista. “É com muita alegria e satisfação que anunciamos o ProfGeo (Mestrado Profissional de Ensino de Geografia). O curso será de grande valor, não só para o Campus Brusque, mas, sim, para todo o vale”, afirma.

“Para região o impacto educacional, cultural e social será significativo, com tendência de melhora no processo de aprendizagem nas redes de ensino a partir da qualificação dos formados da área da educação”, ressalta.

O início das aulas será apenas no segundo semestre de 2021 e o curso contará com a presença de diversos docentes de outras cidades, todos doutores, que estarão em Brusque pelo menos duas vezes por semana para lecionar no mestrado de Geografia.

Para o diretor-geral do IFC Brusque, Éder Aparecido de Carvalho, a oportunidade do IFC receber um curso de mestrado é de muita importância tanto para a instituição, quanto para a cidade. "A oferta deste mestrado trata de uma oportunidade aos profissionais da educação básica de Brusque e da região no sentido de estarem buscando uma atualização das reflexões teóricas, conceituais e práticas pedagógicas”, diz.

“Brusque, por meio do IFC, vai proporcionar uma bela oportunidade aos interessados de toda a região”, ressalta.

Além do mais, também, conforme informou Éder, esta conquista para a comunidade do IFC e de Brusque é por mérito do esforço de todos os servidores da instituição, pois observaram que este mestrado pode trazer um impacto positivo para a cidade.

A quantidade de ingressantes deve ser entre 12 e 20 pessoas por turma anualmemente, mas nada está definido ainda. Haverá aulas presenciais e conteúdos ofertados pelo ambiente virtual. O mestrado será realizado de forma semi-presencial e está autorizado pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes).

Fonte:

Receba as notícias de Brusque no seu WhatsApp.
Clique aqui, é gratis!

Deixe seu comentário