Portal da Cidade Brusque

CIAED

Projeto do SESI SENAI de Brusque é apresentado em congresso internacional

Atividade foi desenvolvida por alunos da aprendizagem industrial de Assistente Administrativo

Postado em 24/10/2019 às 10:10 |

(Foto: Divulgação/Reprodução)

A professora Rosani Pereira Marcarini, do SESI SENAI de Brusque, foi a responsável em apresentar, no 25º Congresso Internacional de Educação a Distância – CIAED,  em Poços de Caldas, Minas Gerais, um projeto desenvolvido pelos alunos da aprendizagem industrial de Assistente Administrativo, turma 2018/2 vespertino. O tema desta edição foi “Experimentação em EAD” e contou com apresentações do Brasil e do exterior.

O projeto selecionado pelos juízes do CIAED tem como título: "PET COELHOS S.A: UMA SITUAÇÃO DE APRENDIZAGEM" e foi desenvolvido nas disciplinas de Empreendedorismo; Ética, Cidadania e Meio ambiente; Organização e Preparação para o Trabalho; Excelência no Atendimento e Noções de Marketing. O trabalhou discutiu assuntos como sustentabilidade, inclusão e metodologias ativas de ensino e aprendizagem. 

“Nós inscrevemos o projeto e tivemos a satisfação dele ser selecionado pelos juízes do congresso. Para o SENAI de Brusque e, principalmente, para nossos alunos foi um grande reconhecimento, pois mostramos que o esforço deles em realizar a atividade, ganhou destaque”, explicou a professora Rosani, que teve a parceria da também professora, Estela Rossetti Teixeira Silva. O trabalho teve o apoio da Coordenadora de Educação, Sandra Freitas e da Supervisora do Curso, Graziela de Limas Marcelo. 


O projeto

A proposta foi a criação de uma empresa fictícia onde os alunos desenvolveram competências relacionadas a estrutura de uma empresa e processo de produção. Eles utilizaram garrafas pet para a confecção dos coelhos, dando um novo destino ao material que até então iria para o lixo, tornando a atividade também de cunho social e sustentável. 

Outro diferencial foi a inclusão de alunos com necessidades educacionais especiais, que puderam vivenciar atividades práticas como corte, costura, controle de qualidade, controle de estoque, entre outras. A realização desse projeto favoreceu então a discussão a respeito das diferenças, e o respeito mútuo, proporcionando conhecimento e novas formas de interação e comunicação.   

A atividade foi realizada em dois meses e abril deste ano, os alunos apresentaram sua “empresa” aos colegas e venderam os produtos fabricados. O dinheiro arrecadado foi contabilizado pelo setor financeiro criado por eles e serviu para pagamento de parte das camisetas da turma.

Fonte:

Deixe seu comentário