Portal da Cidade Brusque

Educação

Unifebe desenvolverá pesquisa em Sistemas de Produção com empresas da região

Estrutura para aplicação da pesquisa também será utilizada pelos acadêmicos.

Postado em 09/10/2019 às 16:23 |

(Foto: Divulgação )

Com o objetivo de melhorar o desempenho operacional das micro e pequenas empresas, por meio da simulação computacional e física, o Centro Universitário de Brusque (UNIFEBE) selecionará casos industriais de Brusque e região para desenvolver a pesquisa em Sistemas de Produção. O intuito é analisar as atuais características dos sistemas produtivos das organizações e testar o impacto de um investimento. 

O estudo de caso foi viabilizado em parceria com a Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Estado de Santa Catarina (FAPESC), pelo edital de apoio a grupos de pesquisa das instituições do sistema Acafe, que destinou R$ 82.494,00 para a compra de equipamentos e da licença do software de simulações.

A UNIFEBE investiu 50% desse valor total, mais a revitalização da estrutura física onde será realizada a pesquisa. O laboratório localizado na sala 10 do Bloco D, é composto por infraestrutura modular, como bancadas, carrinhos de movimentação, mesas e legos, além de um ambiente computacional, com o software Flexsim. 

A proponente do projeto de pesquisa, professora Simone Sartori, lembra que um dos principais desafios do setor industrial é produzir com alta eficiência. “Por meio da simulação física, com os equipamentos disponíveis no laboratório, e simulação computacional, utilizando o software Flexim, poderemos reproduzir a operação da fábrica e comparar os possíveis cenários. Dessa forma, será possível verificar as taxas de tempo de utilização dos operários e das máquinas, espaço físico necessário e volume de produção”. 

Para a supervisora de Pesquisa da UNIFEBE, a pesquisa em Sistemas de Produção visa integrar universidade, organizações industriais e a sociedade ao incrementar o potencial de inovação e gestão de processos. “Vamos colaborar com o desenvolvimento regional de forma técnica e científica, aproximando indústrias e universidade, além de fornecer um ensino mais completo e com vivências mais próximas ao mercado de trabalho”. 

A reitora da UNIFEBE, professora Rosemari Glatz enfatiza que o laboratório de pesquisa também será utilizado por vários cursos de Graduação, como Administração, Engenharia, cursos Tecnólogos e de Pós-graduação.

“Esse espaço proporcionará aos nossos acadêmicos, maior contato com a área da pesquisa e da prática profissional. Com essa pesquisa e essa estrutura reafirmamos nosso compromisso como universidade comunitária, preocupada com o ensino, pesquisa e a extensão, os três pilares da educação superior”. 


Fonte:

Deixe seu comentário