Portal da Cidade Brusque

Bruscão

Na briga pelo acesso, Brusque recebe doação de 828 camisetas

Unidades serão vendidas a partir de cerca de R$ 79,90 e todo o valor revertido para o club

Postado em 10/07/2019 às 16:41 |

(Foto: Marcelo Gouvêa / Portal da Cidade Brusque)

Uma ação da Havan, vai possibilitar que o Brusque reponha seu caixa com mais de R$ 66 mil. Para isso será preciso vender as 828 camisetas do clube recebidas como doação, na manhã desta quarta-feira (10). A entrega das unidades e o anúncio foram feitos na sede administrativa da rede de lojas.

As unidades faziam partes do estoque da rede e camisas oficiais nas cores preta e amarela estarão disponíveis. Apoiador do clube, o empresário Luciano Hang reforçou a necessidade do clube passar a ser gerido dentro de ideias empresariais. A medida, segundo ele, são importantes para a geração de renda e crescimento do Brusque.

Ele também clamou por uma maior participação dos torcedores locais com a compra dos produtos licenciados pelo clube. Outra ação destacada foi a adesão aos planos sócio-torcedor. Ações de marketing para estimular o número de membros dos planos estão sendo desenvolvidos pelo clube e equipe da Havan. “Nós precisamos fazer do Brusque um clube-empresa, para que se torne auto-sustentável”.

Para o empresário, os esforços são visando o desenvolvimento do clube para as principais divisões do Campeonato Brasileiro. O sonho, segundo ele, é a o clube chegar até a Série A da competição. “Para conseguir bons resultados é preciso montar um bom time e isso custa dinheiro”

Boa surpresa

Em meio ao anúncio, o presidente do Brusque, Danilo Rezini, se disse agradecido pela parceria mantida com a empresa e pelo ato. Surpreso com a doação, ele afirmou não haver uma estratégia definida para a venda das camisetas. Uma reunião interna, com o setor de marketing do clube, nesta quinta-feira (10).

A possibilidade de reforçar o caixa é importante devido à limitação econômica indicada pelo presidente. De acordo com ele, para a campanha deste ano foi preciso antecipar valores de patrocínio, como o da Havan, principal apoiador do Brusque. “Talvez o Brusque não existisse sem este apoio”.

Parceria se encerra este ano

Outro anúncio feito durante a coletiva com a imprensa foi o encerramento da parceria entre Busque, Havan e Umbro, empresa fornecedora dos uniformes usados pelo Bruscão neste ano. Ainda não há definição de qual será a próxima parceira.

Entre os motivos, segundo Rezini, está a exigência de compra de alto número de unidades. A cláusula definida pela empresa é vista como inviável pelas outras partes envolvidas. Com isso, ele afirma que a tendência é por uma troca de fornecedor. Conversas com outras empresas do setor são mantidas, mas os detalhes ainda são mantidos em sigilo. “Não é possível repassar nomes no momento porque não há nada oficial”.  


Fonte:

Deixe seu comentário