Portal da Cidade Brusque

VAZAMENTO

Luciano Hang, Bolsonaro e aliados tem dados pessoais vazados por grupo hacker

Anonymous Brasil expôs e-mails, telefones, endereço, bens declarados no IR e até mesmo nome de familiares

Postado em 02/06/2020 às 08:53 |

(Foto: Reprodução)

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) e seus aliados, como ministros e o empresário brusquense Luciano Hang, tiveram seus dados pessoais vazados por um grupo hacker na noite de ontem (1), no Twitter. As postagens, realizadas por um grupo autodenominado “Anonymous Brasil “, expunha dados como e-mails, telefones, endereço, bens declarados no Imposto de Renda e até mesmo nomes de familiares. A conta foi removida pela rede social e o site que armazenava os dados saiu do ar alguns minutos depois.

O grupo hacker voltou a estar em evidência no mundo após os protestos contra a morte de George Floyd, negro assassinado em uma ação policial nos Estados Unidos. No Brasil, os hackers tiveram o presidente como o principal alvo.

O deputado estadual Douglas Garcia (PSL-SP) se manifestou e confirmou a veracidade dos dados. "Para quê divulgar o endereço da minha casa? Os lugares que trabalhei? Estou indo agora mesmo na delegacia fazer um boletim de ocorrência”, escreveu. O curioso, é que o mesmo parlamentar, durante o dia realizou uma postagem onde pedia dados de pessoas "autodenominadas antifascistas". No post, Garcia pedia que essas pessoas fossem identificadas pelos denunciantes e que “as provas de que ele é o que afirma ser” fossem enviadas ao seu e-mail.

A conta do Anonymous Brasil estava sem atividade desde 2018, mas voltou a tweetar no último domingo (31). Porém, após as postagens, foi excluída. Outras contas vinculadas ao grupo já estão em atividade no Twitter.


Fonte:

Receba as notícias de Brusque no seu WhatsApp.
Clique aqui, é gratis!

Deixe seu comentário